Sporting-Naval, 2-0 (destaques)

Orestes
Foi o rei nas alturas na área da Naval, anulando quase todos os cruzamentos que o Sporting bombeou para a área, com um bom poder de impulsão e uma boa noção na ocupação dos espaços. Por três vezes deixou Liedson na sua sombra, antecipando-se ao levezinho em lances de golo. 

0 comentários: