Previtali contente por «voltar a sentir-se útil

Avançado francês «ressuscitou» para os golos 

Esperava-se muito deste francês na Figueira no início da época. Melhor marcador da equipa na pré-temporada, nem a chegada tardia de Fábio Júnior o despertou para os golos quando os jogos começaram a doer. O jejum ameaçava eternizar-se até que, na última quarta-feira, para a Taça da Liga, acertou com as redes. Agora, parece ter-lhe tomado o gosto. Conheça Previtali, o avançado da Naval que marca quando menos se espera.

«Estou satisfeito pelos golos nestes últimos dois jogos, mas tudo isto tem que ser visto na perspectiva da equipa em primeiro lugar. É bom sentir-me útil agora que estou novamente a jogar mais, mas volto a dizer que tudo o que faço é para ajudar a equipa a recuperar», explica, humilde, o autor do empate frente ao Portimonense: «Estou sobretudo contente pela equipa, porque graças a este golo saímos com um ponto, em vez de zero.»

O «tropeção» diante da equipa algarvia, um concorrente dos figueirenses, deixou um amargo de boca e a certeza de pelo menos mais uma semana com a lanterna vermelha. Agora, há que recuperar fora de casa, onde, afinal, a equipa até somou a maioria do seu pecúlio: «O objectivo é sempre levar os pontos, para que possamos sair da situação em que nos encontramos. Vamos fazer com que estes dois pontos perdidos apareçam num outro campo, onde não seja tão expectável.»

Uma última palavra para o jogo da frustração - uma vitória teria permitido largar o fundo da classificação e ficar a apenas três pontos da linha de água - para destacar o empenho dos jogadores: «Apesar de tudo, até penso que a primeira parte foi melhor que a segunda, até porque com o andar do tempo e o resultado desfavorável, as coisas não estavam fáceis. Ainda assim, conseguimos fazer passar a ideia de que somos uma equipa que deu o máximo e tentou tudo por tudo para voltar a entrar no jogo, de forma a somar pontos.»

0 comentários: