Departamento de Rugby celebra acordo

O Departamento de Rugby da Associação Naval 1º de Maio celebrou um acordo com o Ginásio Training Club. Assim todos os atletas inscritos no rugby da Associação, com mensalidade em dia, terão um desconto de 10% nos serviços oferecidos pelo ginásio.


Fonte: Blog do Rugby da Associação Naval 1º de Maio

Nuno Cardoso cessou funções

O diretor desportivo da Naval, Nuno Cardoso, cessou esta quinta-feira funções, adiantou à agência Lusa o diretor-geral da SAD do clube da Liga Orangina, Armando Guindeira.
Nuno Cardoso chegou à Naval na temporada de 2008/2009, depois de ter estado na U. Leiria, tendo Armando Guindeira referido que esta cessação de funções é o "final de um ciclo".
A Lusa tentou contatar Nuno Cardoso, mas sem sucesso.
Nuno Cardoso é o segundo elemento a abandonar a estrutura profissional da Naval em março, depois da saída do fisioterapeuta Luís Pinto.


Fonte: Record

O Navalista agradece a disponibilidade do Nuno enquanto director desportivo para as questões que sempre lhe colocámos e desejamos a ele boa sorte na sua carreia profissional e vida pessoal.

Domingo, 16h30, Naval - Belenenses

Rumo à primeira Liga!

Jogos do Futebol de Formação para o fim de semana


Oliveirense 3 Naval 2


Foto por Carina Monteiro. Mais fotos em Facebook oficial d´O Navalista


Navalistas permitem deslize em Oliveira de Azemeís
A Oliveirense foi surpreendida pela Naval que entrou com um ritmo forte de jogo e a criar perigo, tendo mesmo chegado ao golo logo aos 12'. Antes, Júnior Pereira e Paulinho Guará estiveram muito perto de abrir o ativo. O golo teve o dom de adormecer os visitantes e acordar a equipa da casa que cresceu deu a 'cambalhota' no marcador. Guima fez o empate ao saltar mais alto, após cruzamento de Clemente, e pouco depois, num canto de Oliveira, Rui Lima ao segundo poste deu vantagem à equipa da casa. A Naval empatou na marcação de um canto de João Pedro com Sandro a aproveitar uma desatenção defensiva. Aos 65', a Naval ficou reduzida por expulsão de Taborda com vermelho direto após travar Guima quando este se isolou. Na marcação do livre, Xico Silva fez anichar a bola no fundo das redes de Ricardo Neves sem que este ainda tivesse tocado na bola. A Oliveirense segurou os três pontos, apesar de a Naval ter criado situações para empatar.

Declarações

"Entrámos apáticos, mas depois a equipa reagiu lentamente. Soubemos sofrer e somámos três pontos muito importantes. Não nos peçam para jogar bem enquanto não garantirmos a permanência
Pedro Miguel, treinador da Oliveirense

Na Naval ninguém prestou declarações


Fonte: O Jogo

Amanhã, UD Oliveirense - Naval

Amanhã, domingo, pelas 15h
UD Oliveirense - Naval 1º de Maio
24ª Jornada da Liga Orangina

Série sem perder alimenta subida


Assumida candidata à subida de divisão, a Naval reentrou na rota do título depois de um início de campeonato em que deixou os rivais ganhar vantagem na classificação. A última derrota (3-0), em dezembro, em casa do líder da Liga Orangina, o Estoril, foi o despertador que fez acordar a equipa de Daniel Ramos. Neste momento, os figueirenses são a equipa que está há mais tempo sem conhecer a derrota - 12 jogos consecutivos -, embora a melhor série da época (15 jogos sem perder) pertença ao Estoril; o Aves, segundo classificado, também conseguiu uma série invejável de 13 encontros seguidos sem conhecer a derrota, entretanto terminada.
Na Figueira da Foz, pese embora se registem dez empates, os pontos que têm sido amealhados permitem ao conjunto de Daniel Ramos permanecer na luta por um lugar de acesso à promoção, a apenas três pontos do segundo posto.
A recuperação figueirense está patente na estabilidade que a equipa demonstra na tabela, pois desde que, à 17ª jornada, alcançou o quarto lugar, não voltou a perder posições e tem beneficiado das escorregadelas de Moreirense e Aves para se aproximar.

Fonte: O Jogo

REMO DA NAVAL DESPORTIVAMENTE MAIS RICO COM REMADORA PARALIMPICA


A Naval inscreveu recentemente na Federação Portuguesa de Remo a remadora Filomena Franco, atleta já apurada para os Jogos Paraolímpicos – Londres 2012.
Esta atleta de 37 anos, natural de Alenquer, iniciou a pratica de remo em Janeiro de 2008 tendo, logo nesse ano, participado nos Jogos Paraolímpicos – Pequim 2008.

O seu curriculum desportivo é o seguinte:

• Campeã Nacional de Remo Indoor em 2008/2009/2010;
• Campeã Nacional de Inverno e de Verão em 2008/2009/2010/2011;
• 2008 – Jogos Paralimpicos - Pequim 2008, 11ª classificada (tendo sido porta estandarte da Delegação
Portuguesa na cerimonia de abertura;
• 2009 – Regata Internacional de remo adaptado – Gavirate/Itália – 1º lugar;
• 2010 - Regata Internacional de remo adaptado – Gavirate/Itália – 1º lugar;
• 2010 – Campeonato do Mundo – Hamilton/Nova Zelândia – 3º lugar (medalha de bronze);
• 2011 - Regata Internacional de remo adaptado – Gavirate/Itália – 2º lugar;
• 2011 - Taça do Mundo – Munique/Alemanha – 4º lugar;
• 2011 – Campeonato do Mundo – Bled/Eslovénia – 8º lugar (qualificação para os Jogos Paralimpicos –
Londres 2012)


Nesta época a Filomena ainda participará nas seguintes competições:

• Maio – Regata Internacional remo adaptado – Gavirate/Itália
• Junho – Taça do Mundo – Munique/Alemanha
• Julho – Campeonato Nacional remo adaptado/Verão – Montemor-o-Velho
• Setembro – Jogos Paralimpicos – Londres 2012

A Filomena Franco junta-se assim ao nosso atirador João Costa que já tinha conseguido a sua qualificação para os Jogos Olímpicos. Esta é a segunda participação consecutiva de ambos os atletas que já estiveram presentes em Pequim 2008.

Fonte: Departamento de Remo da Associação Naval 1º de Maio

Naval 2 Trofense 1

Mais fotos em Facebook Oficial d´O Navalista
A Naval 1º de Maio venceu hoje o Trofense por 2-1. Os golos foram marcados por Hugo Santos e Paulinho Guará, ambos na primeira parte, a qual a equipa navalista dominou por completo. Já no segundo tempo, com alguma displicência da nossa equipa, mas também por mérito dos visitantes, o Trofense chegou ao 2-1 por Reguila e esteve mais perto de igualar a partida. Com este resultado ficamos colados, ainda que provisoriamente, ao Desportivo das Aves.

Naval - Trofense - Preço dos bilhetes



Preços dos bilhetes:

Sócio Descoberta: 2,00€
Sócio Coberta: 5,00€

Não Sócio Descoberta: 5,00€
Não Sócio Coberta: 10,00€

Resultados Tiro 2011


Já estão disponíveis os resultados dos atletas do Departamento de Tiro referentes ao ano 2011.

Com 30 pódios individuais (1º, 2º e 3ºs lugares) e 5 colectivos (4  em 1º lugar), a equipa de tiro da Naval 1º de Maio é considerada uma das melhores equipas em Portugal.

A Federação Portuguesa de Tiro validou 9 atletas do nosso clube, posicionando a Naval em 15º lugar no ranking nacional, num total de 34 clubes.

Confira os resultados desportivos, no ano de 2011,  dos atletas da Associação Naval 1º de Maio:

Class.    Nome            pontos

Torneio Abertura FPT –PAC, 16-01-2011
1 COSTA João             577
4 RODRIGUES Domingos     567
8 SOUSA Jorge             555
9 TAVEIRA Joaquim         553
11 SANTOS Licínio         547
20 SANTOS Carlos         534

I Edição Troféu Rui Ramalho AC 2011 22-01-2011
1 COSTA João             580
3 RODRIGUES Domingos        572
8 SANTOS Carlos         554
9 TAVEIRA Joaquim         553
15 SOUSA Jorge             544

VENCEDOR EM EQUIPAS:  1º Lugar para a A. Naval 1º de Maio

Torneio Dia Olímpico  P10m, 15-02-2011
1 COSTA João             577
3 RODRIGUES Domingos     572
10 SANTOS Carlos         552
12 SOUSA Jorge         552

Torneio 41º Aniversário SREF - P10m ,  19  e 20 de Fevereiro 2011
2 SOUSA Jorge 559

Torneio de Abertura F.P.T. P50m, 12 e 13 de Março 2011
2   João costa            556
3   Domingos Rodrigues        547
18 Carlos Santos            42 (avaria da arma)

Troféu Alcino Moreira CDA, 19 e 20-03-2011
1 COSTA João             576
4 SOUSA Jorge             558

1ª Taça Benelli World Cup ( Pistola Standard), 26-03-2011
1 COSTA João             564
2 RODRIGUES Domingos     553
6 MONTEIRO José         535
10 SANTOS Carlos        521
12 TAVEIRA Joaquim         510

Camp. Regional Centro Bala ( PStd HS1),  02-04-2011
1 COSTA João             574
4 RODRIGUES Domingos        552
5 MONTEIRO José         548
9 SANTOS Carlos         534
14 TAVEIRA Joaquim         511

Campeonato  Regional Centro Bala ( PL HS1), 09-04-2011
4 SANTOS Carlos 514
Nota: Costa e Rodrigues não participaram porque estavam fora do país em representação nacional

Campeonato  Regional Sul Bala  PL Hs1 ( Extra-concurso) 09-04-2011
1 COSTA João             560
3 RODRIGUES Domingos     545

Campeonato Regional Centro ( PL HS2) 16Abr11
7 LUIS Carlos     478

20.º Torneio Internacional Tiro de Tavira - "TROFÉU CIDADE DE TAVIRA"
Vencedor absoluto:  João Costa Total com total de 1722

Pistola Standard
1º Joao COSTA   578
11º Licinio SANTOS          536
12 ºJose MONTEIRO         534
18º Carlos SANTOS         523
28º Joaquim TAVEIRA      484
15º Domingos RODRIGUES     529

PPC
1º Carlos SANTOS         571
5º Licinio SANTOS         568
6 ºDomingos RODRIGUES     568
7 ºJoao COSTA         568
13º Jose MONTEIRO          553
15 ºJoaquim TAVEIRA         547

P10M-HS
2 ºJoao COSTA         576
5 ºLicinio SANTOS         562
7 ºDomingos RODRIGUES     561
8 ºJoaquim TAVEIRA         556
14º Jorge SOUSA         552
22 ºJose MONTEIRO         543
23º Carlos SANTOS         541

Pistola 10 metros
2 ºJoao COSTA   576

Pistola Percussão Central
7 ºJoao COSTA    568

Torneio "Dia Olimpico"- P 50m,  07-05-2011
2º RODRIGUES Domingos     550
7º SANTOS Licinio         529
10º SANTOS Carlos         519

Campeonato Regional Centro Bala, PPC HS1, 28-05-2011
2º COSTA João         566
4 ºRODRIGUES Domingos     564
8º TAVEIRA Joaquim         552
11 ºSANTOS Carlos         548
12º SOUSA Jorge         546
13º MONTEIRO José         539
14 ºLUIS Carlos         539

Campeonato Nacional Bala de Fervença, 04-06-2011
Pstd HS1
1º COSTA João            567
4º MONTEIRO José        548
7º RODRIGUES Domingos    547
14º TAVEIRA Joaquim        514

VENCEDOR EM EQUIPAS:  1º Lugar para a A. Naval 1º de Maio, com um total de 1662

Campeonato Nacional Bala, 11-06-2011
P50m HS1
1º COSTA Joao           656.8
3º RODRIGUES Domingos     633.4
15º SANTOS Carlos º         496

Campeonato Nacional Bala, 26-06-2011
PPC HS1
5º RODRIGUES Domingos     563
6º COSTA Joao         561
10 ºMONTEIRO Jose         556
13 ºTAVEIRA Joaquim         550
14 ºSOUSA Jorge         546

Campeonato Nacional Bala, 26-06-2011
PPC HS1 EQ
RODRIGUES Domingos     563
COSTA Joao         561
TAVEIRA Joaquim         550

Resultado em EQUIPAS: 2º Lugar para a A.Naval 1º de Maio com 1674

V Troféu "CIDADE DE ÉVORA"
P10M-HS
2 ºSANTOS LICINIO 562
11º Sousa Jorge     531

TAP SHOOTING 2011
P10M
1º COSTA João         577
4 ºRODRIGUES Domingos     561
11ºLicinio SANTOS        561

Vencedor em Equipas: A.NAVAL 1º MAIO

Campeonato Regional Centro AC (PAC), 29-10-2011
P10M  HS1
2º COSTA Joao         575
7º RODRIGUES Domingos     563
8º TAVEIRA Joaquim         555
9º SOUSA Jorge          553
10º SANTOS Licinio          552
31º MONTEIRO Jose         515

Taça A. Montez,  06-11-2011
P10M
2º RODRIGUES Domingos     571
4º SANTOS Licinio         567

Campeonato Nacional, 9-11-2011
P10M
1 COSTA João                   570 667.1
2 RODRIGUES Domingos       565 661.5
3 SANTOS Licínio               563 660.9
10. TAVEIRA Joaquim          558
17. SOUSA Jorge                       553
51. MONTEIRO José         525

Campeonato Nacional AC (PAC) - 19-11-2011
1  AN1M                            1698  
COSTA Joao                     570  
RODRIGUES Domingos      565  
SANTOS Licinio               563  

Vencedor em Equipas: 1º Lugar para a A. Naval 1º de Maio, num total de 10 equipas

Campeonato Nacional de tiro com Armas Históricas de Pólvora Preta,  25 metros
RANKING NACIONAL 2011

Modalidade   KuchenReuter
1º João Barreto Faria       CTF     286
2º Carlos Santos         AN1M 285
3º Adelino Rocha        CTF     284
4º Mário Cruz             CPTPP 281
5º João Costa            AN1M 281

Modalidade   Mariette
1º Carlos Santos AN1M    275
8º José Monteiro   AN1M  240

Equipa da Figueira pontua há 11 jogos

Foto por Carina Monteiro
REGISTO DESDE DEZEMBRO MANTÉM ESPERANÇA NA SUBIDA 


É preciso recuar até ao dia 10 de dezembro do ano passado para encontrar a última derrota da Naval na Liga Orangina. Na altura, o Estoril foi o autor da proeza, vencendo na Figueira da Foz por expressivos 3-0. “Temos de ser diferentes daquilo que fomos, analisando e corrigindo os erros cometidos de forma a voltarmos aos triunfos”, referiu na altura o técnico Daniel Ramos, que conseguiu passar a sua mensagem.
É que esse desaire pode ser considerado o clique para a equipa figueirense que, daí para cá, não mais voltou a saborear o travo amargo da derrota. Nas últimas 11 jornadas, os navalistas somaram 4 vitórias e 7 empates, num total de 19 pontos somados, registo que lhes permitem estar na perseguição ao Aves, equipa que ocupa a segunda posição da tabela, a última que dá acesso à Liga Zon Sagres da próxima temporada.
Fonte: Record

Freamunde 1 Naval 1

Mais fotos em Facebook oficial d´O Navalista
MARCO MATIAS E BOLÍVIA MARCARAM OS GOLOS


O Freamunde empatou este domingo em casa com a Naval (1-1), em jogo da 22.ª jornada da Liga Orangina, tendo os golos sido apontados nos primeiros 15 minutos, por Marco Matias e Bolívia.
O encontro opôs duas equipas com ambições distintas: o Freamunde chegou a esta jornada no 13.º lugar, com 23 pontos, e a lutar pela manutenção, ao passo que a Naval, em quarto e com mais dez pontos, sonha ainda com a promoção.
A verdade é que os visitantes entraram melhor e revelaram ambição, lançando-se ao assalto da baliza adversária através de boas movimentações ofensivas, que deixaram o Freamunde surpreendido.
Contudo, acabou por ser o Freamunde a adiantar-se no marcador aos seis minutos, por Marco Matias, num lance em que o guarda-redes Taborda pareceu mal batido.
A vantagem da equipa da casa durou apenas seis minutos, pois Bolívia restabeleceu a igualdade, na sequência de um canto apontado por João Pedro.
No segundo tempo, a Naval apresentou um futebol melhor, com Bolívia e Giuliano em bom plano, e o Freamunde foi vivendo de alguns fogachos inconsequentes e quase não deu trabalho a Taborda.
Ao contrário, Assis teve de se aplicar a fundo por duas vezes (61 e 73) para evitar o segundo golo da equipa da Figueira da Foz, detendo um remate forte de Williams e outro de Guará, este após um contra-ataque rápido pela direita.
O Freamunde jogou em inferioridade numérica a partir dos 76 minutos, após a expulsão do central Luís Pedro, mas a Naval não conseguiu aproveitar este facto.
Jogo no Complexo Desportivo do Freamunde.
Freamunde-Naval, 1-1.
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores: 1-0, Marco Matias, 6 minutos; 1-1, Bolívia, 12.
Freamunde: Assis, Vasco (Pedro Moita, 64), Luís Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Bruno Magalhães, José Alberto, Marco Matias (Brandão, 76), Bock, Pedro Henrique (Horácio, 64) e Tarcísio.
Naval: Taborda, Carlitos, Júnior Pereira (Leandrinho, 83), Leomar, Willams, Sandro, Giuliano, Edivaldo Bolívia, João Pedro (Guará, 65), Hugo Santos (Zé Rui, 71) e Roberto.
Árbitro: Jorge Sousa (Porto).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Marco Matias (6), Bolívia (33), João Pedro (50), Luís Pedro (61 e 76), Sandro (64), Giuliano (90+2) e Leomar (90+3). Cartão vermelho por acumulação para Luís Pedro (76).
Assistência: Cerca de 600 espetadores.
Fonte: Record

E acabou assim a jornada:
www.abola.pt

Carlos Santos ganha a Taça de Portugal 2012 de MLAIC.

O atleta Carlos Santos da Associação Naval 1º de Maio, foi o atleta em destaque na Taça de Portugal de MLAIC 2012 (Tiro com Armas Históricas de Pólvora Preta) ao vencer o Prémio Combinado e as Provas de Kuchenreuter, Mariette e Donald Malson. Pode conferir os resultados do Prémio Combinado e Classificação Final por disciplina no site da Federação Portuguesa de Tiro (www.fptiro.net).

Fonte: Site Oficial da Associação Naval 1º de Maio

Pódio para um misto da Naval e da CP Cacia


A Naval participou mais uma vez em dois Shell de 8 num misto com a Colectividade Popular de Cacia. A tripulação "A" deste misto classificou-se em 3º lugar atrás do Caminhense e do misto Caminhense/Galitos. A tripulação "B" classificou-se em 11º lugar. Ambas subiram um lugar em relação ao alcança do à uma semana na Descida da Ria de Aveiro.


Fonte: Site Oficial da Associação Naval 1º de Maio

Folheto O Navalista - Março

Folheto O Navalista - Fevereiro

Registo caseiro da Naval ainda deixa a desejar

Foto por Carina Monteiro
Uma das condições, para que a Naval conseguisse chegar aos primeiros lugares de subida seria a melhoria no registo dos jogos em casa em relação à primeira volta, onde apenas venceu por duas vezes. Pois bem, nesta segunda fase do campeonato, embora ainda não tenha perdido no José Bento Pessoa, a verdade é que ainda só venceu por uma vez. Um número que necessita de ser fermentado, caso os figueirenses queiram festejar a subida.

Fonte: O Jogo

Boa prestação do Rugby


Realizou-se domingo, dia 4, mais 1 minitorneio Amizade Agrária sevens, que contou com a participação das seguintes equipas:

- Rugby Naval
- Ipc
- Agrária Seniores
- Agrária Sub 18
- Saúde Porto

Num torneio onde as ambições navalistas, acima dos resultados classificativos eram testar a equipa onde, de 14 atletas presentes, 6 eram novatos (com apenas 3 semanas de treinos). O resultado saldou-se como bastante positivo!
O empenho do colectivo demonstrou a união e vontade de todos em levar o projecto de rugby na Figueira da Foz avante. Os figueirenses demonstraram atitude e foi cumprido o que era pedido: entre ajuda e comunicação entre os mais experientes e os novatos, tentando assim minimizar as diferenças a nível técnico e táctico.
Parabéns a todos os atletas presentes no torneio e pela boa prestação e vontade demonstrada pelos mais novos, continuando assim o caminho evolutivo do rugby na Figueira da Foz!

Fonte: Departamento de Rugby da Associação Naval 1º de Maio

Próxima Jornada, Freamunde - Naval


Próximo jogo, Freamunde - Naval, no Complexo Desportivo do Freamunde, pelas 16H.

Naval 2 Atlético 2

Foto por Carina Monteiro. Mais fotos em Facebook Oficial d´O Navalista
Emoção até ao apito final


A Naval e o Atlético empataram a dois golos, no jogo de abertura da 21.ª jornada da Liga Orangina, numa partida em que ambas as equipas desperdiçaram vantagens no marcador.
Na Figueira da Foz, Giuliano deu vantagem ao conjunto da casa, aos 15 minutos, mas, já na segunda parte - no espaço de sete minutos -, os lisboetas deram a volta ao marcador, com golos de Laurindo (64') e Filipe Ferreira (71'), tendo Roberto, a 15 minutos do final, empatado a partida.
Com este resultado, a Naval subiu ao terceiro lugar, com os mesmos 33 pontos que o Aves (menos um jogo), enquanto o Atlético manteve a quinta posição, com 31.
Naval entra melhor. Os figueirenses tiveram um ligeiro ascendente na primeira parte, justificando a vantagem ao intervalo, mas o Atlético entrou melhor para o derradeiro período, em especial na primeira meia-hora, em que chegou à vantagem.
À passagem do primeiro quarto de hora da partida, Giuliano colocou a equipa da casa em vantagem, aproveitando um ressalto na área, após um cruzamento de Zé Rui.
Atlético responde. O Atlético entrou para a etapa complementar com uma dinâmica mais ofensiva e desde logo começou a acercar-se da baliza dos figueirenses com algum perigo. Aos 64 minutos, sem surpresa, o Atlético alcançou o empate por Laurindo, na sequência de um lance de bola parada, em que o jogador alcantarense foi mais rápido e com um pontapé de moinho estabeleceu o empate.
O golo deu nova alma aos alcantarenses que, sete minutos volvidos (71'), viram o resultado com um grande golo de Filipe Ferreira, que de fora da área rematou forte, após um alívio da defensiva navalista.
A Naval reagiu, partindo para cima dos visitantes e quatro minutos depois, estabeleceu o empate por Roberto, na recarga a uma bola devolvida pela barra. Já em tempo de compensação, com a equipa figueirense instalada no meio-campo visitante, o guardião Caleb assinou a defesa da noite, negando o golo a Bolívia.
Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz.
Naval-Atlético, 2-2
Marcadores: 1-0, Giuliano (15'); 1-1, Laurindo (64'); 1-2, Filipe Ferreira (71'); 2-2, Roberto (75')
- Naval: Taborda, Carlitos, Júnior Pereira, Leomar, Willams, Sandro, Giuliano (Previtali 80'), Edivaldo Bolívia, João Pedro, Paulinho Guará e José Rui (Roberto 65').
- Atlético: Caleb, Luís Dias, Rolão, Gonçalo Silva, Stephane, Leandro Pimenta, Laurindo, Filipe Ferreira (Matias 74'), Marcelo (Tiago Caeiro 56'), Hugo Lopez (Hélio Vaz 63') e Luís Barry.
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Laurindo (12'), João Pedro (76'), Leandro Pimenta (77'), Matias (90').
Assistência: cerca de 200 espectadores.
Fonte: Record 

Daniel Ramos: «Temos de ser fortes nos jogos em casa»

QUER CHEGAR A UM LUGAR DE SUBIDA


O 3.º lugar, a apenas 1 ponto do Aves, permite a Daniel Ramos, técnico da turma figueirense, manter o otimismo à entrada para o último terço do campeonato. Os últimos nove jogos, ciclo em que a Naval conseguiu quatro vitórias e cinco empates, aumentaram a confiança da equipa, que hoje, frente ao Atlético, tenta o “assalto” aos lugares de promoção à Liga Zon Sagres.
“Com o andar do campeonato cada jogo torna-se de elevada importância. Existem várias equipas a lutar pela promoção e as grandes decisões aproximam-se”, sublinha o técnico Daniel Ramos, de 41 anos, que aponta a solidez da equipa nos jogos em casa como um trunfo para estar mais perto do objetivo. “Precisamos de ser fortes nos jogos em casa, impor a nossa força e qualidade. Se assim for, temos todas as condições para subir de divisão”, analisa.
Fonte: Record

Hoje, Naval - Atlético, pelas 20h15



Chegar ao pódio e descansar no sofá

À entrada para o último terço do campeonato, a Naval e Atlético têm hoje a oportunidade de chegar ao segundo lugar da classificação e colocar pressão nos adversários diretos na luta pela subida. Para tal, uma das equipas tem de vencer o jogo na Figueira da Foz, sendo que a de Daniel Ramos quererá por certo tirar partido de jogar em casa e dar sequência a um ciclo positivo, marcado por nove jogos sem perder. A última derrota aconteceu na receção ao líder Estoril. Consciente da dificuldade do encontro, Daniel Ramos considerou o Atlético como "a equipa sensação da prova, com uma grande primeira volta", mas sublinhou a importância de uma vitória. "Precisamos dos três pontos". Depois da saída de João de Deus, o Atlético será orientado pelo adjunto Costa Pereira e a sucessão no comando técnico está a ser estudada com calma pelo presidente Almeida Antunes. "Quem vier quer ganhar dinheiro e nós temos o que temos, portanto temos de ter muito cuidado". O líder adiantou, ainda, haver muita gente "interessada", frisando que "alguns teriam de pagar" para ocupar o lugar.

Equipas prováveis

Estádio José Bento Pessoa

Árbitro Duarte Gomes [AF Lisboa]

Naval

Taborda; Carlitos, Júnior Pereira, Leomar e Williams; Edivaldo, Sandro e Giuliano; Zé Rui,Guará e João Pedro

Outros convocados: Guilherme, Ricardo Ehle, Frechaut, Godinho, Leandrinho, Previtali e Roberto

Treinador Daniel Ramos

Atlético

Caleb; Luís Dias, Rolão, Gonçalo Silva e Filipe Ferreira; Laurindo, Leandro Pimenta e Stephane; Barry, Tiago Caeiro e Gonçalo Abreu

Outros convocados: Botelho; Bernardo, Hélio Vaz, Marcelo, Mário Mateus, Matias e Hugo Lopez

Treinador Costa Pereira


Fonte: O Jogo