Freamunde 1 Naval 1

Mais fotos em Facebook oficial d´O Navalista
MARCO MATIAS E BOLÍVIA MARCARAM OS GOLOS


O Freamunde empatou este domingo em casa com a Naval (1-1), em jogo da 22.ª jornada da Liga Orangina, tendo os golos sido apontados nos primeiros 15 minutos, por Marco Matias e Bolívia.
O encontro opôs duas equipas com ambições distintas: o Freamunde chegou a esta jornada no 13.º lugar, com 23 pontos, e a lutar pela manutenção, ao passo que a Naval, em quarto e com mais dez pontos, sonha ainda com a promoção.
A verdade é que os visitantes entraram melhor e revelaram ambição, lançando-se ao assalto da baliza adversária através de boas movimentações ofensivas, que deixaram o Freamunde surpreendido.
Contudo, acabou por ser o Freamunde a adiantar-se no marcador aos seis minutos, por Marco Matias, num lance em que o guarda-redes Taborda pareceu mal batido.
A vantagem da equipa da casa durou apenas seis minutos, pois Bolívia restabeleceu a igualdade, na sequência de um canto apontado por João Pedro.
No segundo tempo, a Naval apresentou um futebol melhor, com Bolívia e Giuliano em bom plano, e o Freamunde foi vivendo de alguns fogachos inconsequentes e quase não deu trabalho a Taborda.
Ao contrário, Assis teve de se aplicar a fundo por duas vezes (61 e 73) para evitar o segundo golo da equipa da Figueira da Foz, detendo um remate forte de Williams e outro de Guará, este após um contra-ataque rápido pela direita.
O Freamunde jogou em inferioridade numérica a partir dos 76 minutos, após a expulsão do central Luís Pedro, mas a Naval não conseguiu aproveitar este facto.
Jogo no Complexo Desportivo do Freamunde.
Freamunde-Naval, 1-1.
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores: 1-0, Marco Matias, 6 minutos; 1-1, Bolívia, 12.
Freamunde: Assis, Vasco (Pedro Moita, 64), Luís Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Bruno Magalhães, José Alberto, Marco Matias (Brandão, 76), Bock, Pedro Henrique (Horácio, 64) e Tarcísio.
Naval: Taborda, Carlitos, Júnior Pereira (Leandrinho, 83), Leomar, Willams, Sandro, Giuliano, Edivaldo Bolívia, João Pedro (Guará, 65), Hugo Santos (Zé Rui, 71) e Roberto.
Árbitro: Jorge Sousa (Porto).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Marco Matias (6), Bolívia (33), João Pedro (50), Luís Pedro (61 e 76), Sandro (64), Giuliano (90+2) e Leomar (90+3). Cartão vermelho por acumulação para Luís Pedro (76).
Assistência: Cerca de 600 espetadores.
Fonte: Record

E acabou assim a jornada:
www.abola.pt

0 comentários: