Naval derrota Arouca (2-0)

GOLOS DE LEOMAR E HUGO SANTOS


A Naval venceu este domingo o Arouca, por 2-0, na jornada inaugural da Taça da Liga de futebol, na Figueira da Foz, triunfo que acima de tudo premiou a equipa que melhor soube procurar o golo.
Dois golos, Leomar (34) e Hugo Santos em tempo compensatório da etapa inicial garantiram aos figueirenses o primeiro triunfo no Grupo B, que acaba por traduzir a superioridade exercida perante uma equipa mostrou ainda carências de início de temporada.
Daniel Ramos esquematizou um 4x3x3 para a sua equipa fazendo alinhar no "onze inicial sete reforços, Taborda, Leomar, Carlos Fernandes, Leandrinho, Hugo Santos, Roberto e Zé Rui.
Henrique Nunes respondeu com um 4x2x3x1, apresentando inicialmente quatro reforços, Pedro Costa, Miguel Ângelo, Jorginho e Lito.
O domínio foi repartido durante os primeiros trinta minutos, com a formação da Figueira da Foz a revelar-se como a equipa mais perigosa, com quatro remates perigosos, aos 11,14,27 e 31.
O Arouca, aos 32, também poderia ter marcado, porém Romeu Torres não soube aproveitar uma defesa incompleta de Taborda.
Ao minuto 34 a Naval colocou-se em vantagem com um golo de Leomar num livre cobrado por Hugo Santos, com o central brasileiro nas alturas a desviar de cabeça para o fundo das redes.
Acabara o "speeker" de anunciar um minuto de desconto para a etapa inicial, a turma da Figueira da Foz dilatou a vantagem. Hugo Santos chamado á cobrança de um livre em zona frontal, estabeleceu o 2-0 da etapa inicial.
Na etapa complementar a formação da casa a atuar com o vento de frente retraiu-se limitando-se à gestão da vantagem.
O Arouca a perder por dois golos nunca mostrou grande capacidade de reação e, se na etapa inicial tinha pelo menos usufruído de uma oportunidade de golo (32), na etapa complementar nem isso conseguiu.
Jogo disputado no Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz. Ver Video
Naval 1.º de Maio - Arouca, 2-0.
Intervalo: 2-0.
Marcadores:
1-0, Leomar, 34 minutos.
2-0, Hugo Santos, 45+1.
Naval: Taborda, Carlitos, Rogério Conceição, Leomar, Carlos Fernandes, Godinho, Edivaldo Bolívia (Willams 85), Leandrinho (Júnior Pereira 90+1), Hugo Santos, Roberto e Zé Rui (Michel Simplício 83)
Suplentes: Guilherme, Júnior Pereira, Michel Simplício, Previtali, João Pedro, Willams, e Zé Mário.
Arouca: Rui Nereu, Pedro Costa, Miguel Ângelo (Filipe Silva 79), Kiko, Jorginho, Jorge Leitão, Néné, Hugo Monteiro (Bruno Costa 70), Babanco, Lito (Hélder Silva 58) e Romeu Torres.
Suplentes: Bruno Conceição, Hugo Cruz, Hélder Silva, Bruno Costa, Filipe Silva e Paulinho.
Árbitro: Cosme Machado (Braga).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para: Roberto (70), Carlos Fernandes (81).
Assistência: 400 espectadores.
Fonte: Record

Convocados 19 jogadores para jogo com Arouca

Daniel Ramos convoca 19 jogadores para jogo com Arouca e diz que passagem à segunda fase da Taça da Liga é o grande objectivo.


O treinador da Naval 1.º de Maio considerou hoje que o apuramento para a segunda fase da Taça da Liga de futebol constitui o principal objectivo da equipa.Dos 19 convocados 10 são reforços, enquanto os restantes transitam da época passada.O encontro, referente à primeira jornada da Taça da Liga, marca a estreia oficial do treinador pelo clube da Figueira da Foz, ele que sucede a Carlos Mozer. O Estádio Municipal José Bento Pessoa acolhe amanhã o encontro, na Figueira da Foz, pelas 17 horas.

Os 19 jogadores convocados:

- Guarda-redes: Taborda e Guilherme.
- Defesas: Júnior Pereira, Carlitos, Leomar, Carlos Fernandes, Willams, Zé Mário e Rogério Conceição.
- Médios: Edivaldo Bolívia, Giuliano, Godinho e Leandrinho.
- Avançados: Michel Simplício, Previtali, João Pedro, Roberto, Hugo Santos e Zé Rui.

Fonte: A Bola

Ricardo Neves e Ricardo Ehel contratados


Ricardo Neves e Ricardo Ehel, guarda-redes e central, respetivamente, assinaram esta sexta-feira contratos com a Naval com duração de duas temporadas. 

 O guarda-redes Ricardo Neves, 22 anos, foi internacional nos escalões de sub-16, 17, 18 e 19. Formado no Tourizense e Boavista, como profissional atuou nos "axadrezados" (2007/2008), Ourense (2008/09), Marítimo (2009/10) e Varzim (2010/11). 


O brasileiro Ricardo Ehel, 26 anos, é um defesa central que teve passagens pelo Internacional SM, Rio Grandense, SM, Paraná Clube, Toledo Work, Atlético Herman Aishinger, Corinthians Paranaense e Serrano BA.
Os dois jogadores constituem as 14.ª e 15.ª contratações feitas pelo clube da Figueira da Foz para a temporada de 2011/2012.
O clube figueirense tem em regime de observação dois jogadores, Ibraima Só (médio) e Adriano (avançado), cujos processos deverão ser resolvidos nos próximos dias. 

A Naval recebe na Figueira da Foz, pelas 17h00 de domingo, o Arouca, em encontro a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga, partida que será dirigida pelo bracarense Cosme Machado.

Fonte: Record

Naval venceu Monsanto no último ensaio antes da competição


A Naval 1º de Maio venceu hoje o Monsanto, da II Divisão, por 3-0, em encontro disputado na Figueira da Foz que encerrou o ciclo de particulares da equipa figueirense na pré-temporada.
Dois golos na etapa inicial, Rogério Conceição (17) e Roberto (20) foram o registo da superioridade da equipa da Liga de Honra, que evidenciou um futebol onde a dinâmica e a organização fizeram a diferença.
No segundo tempo manteve-se o cariz da partida, Fabiano, avançado brasileiro e último reforço contratado pelos figueirenses, quis colorir a sua estreia com um excelente golo, estabelecendo o resultado final, aos 60 minutos.
A equipa da Figueira da Foz, que no final da época passada foi despromovida à Liga Oranangina, inicia a competição oficial no próximo domingo recebendo o Arouca na Figueira da Foz na jornada inaugural da fase de grupos da Taça da Liga.

Fonte: O Jogo

Bolívia poderá estar de saída da Naval

O internacional boliviano Edivaldo, que se destacou na Copa América, confirma que já recebeu propostas para clubes de maior projecção.
O internacional boliviano Edivaldo, conhecido por Bolívia no futebol português, está de saída da Naval 1º de Maio. Aos 25 anos, o jogador que ganhou projecção na recente Copa América, tem várias propostas para sair do clube da Figueira da Foz e, a Bola Branca, deu a entender que vai mesmo abandonar a naval, que caiu na Liga de Honra.

Edivaldo Bolívia de saída da Naval 1º Maio. Reportagem de António Pedro
"Estou tranquilo. Se chegar alguma proposta que seja boa para o clube e para mim, aí posso aproveitar. Apareceram alguns convites, mas nada em concreto", revela o jogador.


Bolívia está há três épocas na Naval, agora o seu desejo é que o clube regresse o mais rápido possível à primeira Liga. Quanto à Copa América, salienta que foi uma experiência única. 
"Estar na selecção é o máximo que se pode alcançar na carreira, então estar numa Copa América onde estão alguns dos melhores jogadores do mundo, é muito bom", relata Edivaldo.

Assembleia Geral Extraordinária da Associação Naval 1º de Maio


Convocatória. Nos termos do Art. 17º, capítulo V, dos Estatutos da Associação Naval 1º de Maio, convoca-se uma Assembleia Geral Extraordinária da Associação Naval 1º de Maio, para dia 12 de Agosto de 2011, pelas 18:30 horas, na Sala de Imprensa do Estádio Municipal, com a seguinte Ordem de Trabalhos:
Ponto 1º - Aumento do valor mensal das quotas de associado.
Ponto 2º - Alterações estatutárias com vista ao cumprimento do estatuído no regime jurídico das federações desportivas.
Ponto 3º - Outros assuntos de interesse para a colectividade.
Se à hora marcada não estiver presente a maioria dos Associados, a Assembleia funcionará uma hora depois, em segunda convocatória, com qualquer número de sócios, nos termos do Art.º 18 dos referidos Estatutos.

JÚNIOR RICARDITO EM GUIMARÃES

Foto por D.R.
Vitória de Guimarães assegura contratação de Ricardo Pereira para os Juniores


O Vitória de Guimarães tem vindo nos últimos anos a criar um cada vez maior estatuto no futebol de formação nacional, tendo principalmente no escalão de Juniores evoluído como um dos clubes de maior sucesso, tendo vindo a atingir a Fase Final do Nacional do escalão, parecendo estar próximo de tingir a conhecida hegemonia por parte dos maiores clubes nacionais, como Benfica, Sporting e FC Porto, colocando-se cada vez mais como um dos conjuntos mais respeitáveis ao nível sub-19.Desta forma, o grupo vimaranense continua a garantir talentos de grande potencial com o intuito de alcançar não só os melhores resultados desportivos, como futuramente a sua integração no plantel principal, como tem garantido aos melhores valores das últimas épocas, um destino que na próxima temporada poderá ser partilhado pelo mais recente reforço da equipa, o atacante Ricardo Pereira, que chega a partir da Naval 1º de Maio.


Equipa vitoriana poderá ter assegurado um elemento de grande potencial para o futuro.


Conhecido como Ricardito, o jovem atacante tratou-se de um dos atletas em foco no último Nacional de Juniores, prova que disputou ainda como sub-18 para chamar a atenção do Vitória, que junta assim o jovem valor português ao seu grupo, juntando-o ao lote de reforços que contava já com o defensor Emanuel Poças, que se transfere para o conjunto minhoto desde o Rio Ave, podendo vir a formar mais um conjunto coeso na procura de resultados de referência para a equipa.Num conjunto que poderá uma vez tornar-se um dos mais fortes no Nacional de Juniores, Ricardito poderá encontrar o seu espaço no Minho depois de ter efectuado grande parte da sua formação no Sporting, clube que abandonou há duas temporadas no final da sua temporada como Juvenil A, numa temporada em que falharia a conquista do Nacional de Juvenis com os leões, tendo antes de abandonar a Academia Sporting Puma deixado sinais bem positivos nessa Fase Final.


Estatuto de titular indiscutível na Naval leva a aposta do Vitória na sua contratação


Depois de ter apontado vários golos na posição de suplente utilizado pelos leões, mostrando o seu potencial no final dessa temporada, Ricardito acabou por mesmo assim conhecer a saída do clube verde-e-branco com destino à Naval 1º de Maio, clube para o qual seguiu juntamente com vários elementos provenientes da formação do clube leonino e também do Benfica, tendo conseguido atingir uma posição de destaque na Figueira da Foz, tendo garantido facilmente o lugar de titular.Atacante polivalente, Ricardito assumiu-se uma peça preponderante para o clube figueirense, tendo competido em vários lugares no ataque da sua equipa pela sua versatilidade que lhe permite competir no lugar de extremo sobre qualquer dos flancos e mesmo como elemento móvel na frente de ataque, o que lhe valeu muitas mais oportunidades que no Sporting, mostrando assim o potencial que a Naval necessitava para conseguir uma participação histórica neste Nacional de Juniores.

Época de sucesso de Ricardito na Figueira da Foz lança a esperança na nova etapa em Guimarães


Pela primeira vez, a Naval atingiu a Fase Final, tendo sido uma das grandes animadoras deste campeonato muito devido a um ataque móvel e bastante rápido que levou à qualificação da equipa figueirense para a fase derradeira face a uma excelente participação na Zona Sul que lançou o avançado para uma excelente prestação pessoal na última época.Desta forma, aos 17 anos Ricardo Pereira está apontado a um lugar de indiscutível no Vitória, que terá um ataque reformulado pelas muitas saídas registadas face à passagem para o futebol sénior, o que deixou vários lugares em aberto na frente de ataque vitoriana.


Taça da Liga | Naval - Arouca




Adquira o seu bilhete para o jogo com o Arouca. 
Estão à venda na Secretaria do clube, no Estádio Municipal, os bilhetes para o jogo referente à 1ª jornada do Grupo B da 1ª fase da Taça da Liga entre a Naval e o Arouca.


O jogo vai ter lugar no próximo Domingo, dia 31 de Julho, no Estádio Municipal José Bento Pessoa, pelas 17:00h. Comparece.

Preços dos bilhetes:


Sócios Central Descoberta - 2,00€
Sócios Central Coberta - 5,00€

Não Sócios Central Descoberta - 5,00€
Não Sócios Central Coberta - 10,00€


Avançado Fabiano assina por duas épocas

Fabiano

O Beira Mar não foi além de um empate a zero, este sábado, na Figueira,diantes da Naval, da Liga de Honra. Num jogo bastante fraco, destaque para o facto de ambos os treinadores terem apostado em onzes que estarão já muito próximos daqueles que utilizarão nos primeiros compromissos oficiais.

Esse aspectos fez-se notar sobretudo do lado dos navalistas, que entram em acção no dia 31, na primeira jornada da primeira fase da Taça da Liga, num encontro agendado para o Estádio José Bento Pessoa, diante do Arouca. A Naval alinhou com Taborda, Carlitos, Rogério Conceição, Leomar, Carlos Fernandes, Godinho, Giuliano, Leandrinho, Hugo Santos, Zé Rui e Roberto.Já o Beira Mar actuou começou com Jonas, Pedro Moreira, Yohan Tavares, Hugo, André Marques, Koukou, Rui Sampaio, Alex Hauw, Artur, Zhang e Dudu.
Destaque ainda, na Naval, para a chegada do avançado brasileiro Fabiano, que assinou por duas épocas.


Fonte: Mais Futebol

Jogo de Apresentação: Naval 0 Beira Mar 0


A equipa de futebol profissional da Naval 1º de Maio apresentou-se, hoje, pelas 18H, aos seus sócios. O jogo acabou num nulo, onde, na primeira parte houve um claro domínio da equipa navalista em termos de posse de bola, no entanto, sem conseguir concretizar as hipóteses de golo. Já na segunda parte, com mexidas em ambas as formações, o jogo tornou-se menos bonito, decaindo de produção, mas tendo existido algumas belas intervenções.

Adriano à experiência desde ontem


Não perca, já este sábado, o jogo de apresentação da equipa de futebol profissional, num jogo contra o Beira Mar, da 1ª Liga

A Naval tem desde ontem, mais um jogador à experiência. Trata-se do avançado Adriano Oliveira, que na última época representou o Rio Branco, equipa do campeonato estadual do Paraná. Ainda no capítulo de atletas em testes, Daniel Ramos, dispensou ontem Luís, mantendo Ibraima, Ricardo Ehle e Saraó mais uns dias a trabalhar com o plantel.

Fonte: O Jogo

Apresentação da Equipa Profissional de Futebol aos sócios

U. Leiria vence Naval pela margem mínima (1-0) em Seia

Primeira vitória dos leirienses coincide com a primeira derrota dos figueirenses nesta pré-época.



A U. Leiria venceu a Naval, da Liga de Honra, por 1-0, nesta quarta-feira, em jogo amigável disputado em Seia. O golo foi apontado pelo recém-contrado Jô, avançado de 23 anos, ex-Juventus do Brasil.
Para os do Lis, tratou-se da primeira vitória da pré-época, ao segundo jogo, depois do nulo trazido do Restelo. Já para os da Figueira, com mais jogos nas pernas, por via da entrada mais madrugadora em competição, por força da Taça da Liga, foi a primeira derrota. Os comandados de Daniel Ramos já haviam batido a Oliveirense, o Tourizense e o Canas de Senhorim, para além de terem empatado com o Sp.Covilhã.

Fonte: Mais Futebol

ESCOLAS DE REMO - INSCRIÇÔES

A Naval tem abertas inscrições para as Escolas de Remo que funcionarão todos os dias úteis das 10 às 13 horas a partir do dia 25 de Julho.
As inscrições poderão ser feitas no pavilhão náutico na marina de recreio.



Marina de Recreio da Figueira da Foz
Apartado - 2052
3080-801 Figueira da Foz

Tel./Fax: (+351) 233428897


Francisco Oliveira e Manuel Silva Vice Campeões Nacionais em Double


Realizou-se no passado fim-de-semana o Campeonato Nacional de Verão para os escalões de infantis,
iniciados e juvenis.
No sábado, nos escalões de infantis e iniciados, as classificações da Naval foram as seguintes:
  • Skiff infantil feminino: 4º lugar na Final A – Catarina Silva;
  • Double iniciado masculino: 5º lugar na Final A – Rodrigo Mota e Bruno Acúrcio.
  • Double iniciado masculino: 3º lugar na Final B – David Jordão e André Ferreira;
  • Skiff iniciado feminino: 5º lugar na Final B – Raquel Pimentel;
  • Skiff iniciado masculino: 5º lugar na Final B – Daniel Steiner.
  • Skiff iniciado masculino: Fábio Alves que dado o seu pouco tempo a praticar remo não conseguiu ser apurado para as finais.


No domingo já no escalão de juvenis a Naval com três tripulações alcançou 2 lugares no pódio.

As classificações foram as seguintes:
  • Double masculino: 2º lugar na Final A (Vice Campeões Nacionais) - Francisco Oliveira e Manuel Silva;
  • Skiff masculino: 3º lugar na Final A – Luis Lopes;
  • Double feminino: 2º lugar na Final B – Nancy Cantante e Ana Monteiro.

Antigo capitão do Setúbal reforça a Naval

O antigo capitão do Setúbal Sandro é o mais recente reforço da Naval. O médio, de 34 anos, rubricou contrato por uma temporada com os navalistas e deverá apresentar-se esta manhã em Nelas, local onde a equipa se encontra a estagiar.
O internacional cabo-verdiano, que na época passada representou os espanhóis do Ceuta, e o seu representante, Valter Santos, chegaram a acordo com os responsáveis da Naval, e ainda hoje o centrocampista deverá começar a trabalhar às ordens de Daniel Ramos. Depois de 12 épocas ao serviço do Setúbal e com uma passagem fugaz pelo FC Porto, Sandro conta no seu currículo com passagens pelos espanhóis de Hércules, Villarreal e Salamanca, e ainda pelo Manisaspor, da Turquia. Sandro chegou a estar na lista de Bruno Ribeiro para reforçar os sadinos esta temporada, mas a pretensão do técnico não foi satisfeita.

Fonte: O Jogo 

Goleada ao Canas de Senhorim (5-0)

DEPOIS DO EMPATE COM O SP. COVILHÃ



A Naval goleou este domingo o Canas de Senhorim, da Divisão Honra da AF Viseu, por 5-0, em encontro particular, disputado em Canas de Senhorim.
Depois do empate de sábado, face ao Sporting da Covilhã (1-1), a Naval, treinada por Daniel Ramos (na foto) realizou novo teste competitivo, tendo construído a goleada na segunda parte, com quatro golos.
Tiago Romeira marcou o único golo da primeira metade, enquanto Ibraima, Previtali, Castro e Leandrinho foram os autores dos tentos após o intervalo.
A equipa da Figueira da Foz inicia segunda-feira a segunda semana do estágio que está a realizar em Nelas, defrontando quarta-feira a União de Leiria, em Gouveia.
Fonte: Record

Empate entre Naval e Sporting da Covilhã

A Naval 1º de Maio empatou, esta tarde, com o Sporting da Covilhã, por 1 bola, em jogo de preparação disputado no Complexo Desportivo de Nelas. O golo dos navalistas foi marcado por Manuel Godinho. Para amanhã, há um jogo marcado com o Canhas de Senhorim, na respectiva localidade vizinha, pelas 10h30.

Ricardo Ehle testado na Naval

O central brasileiro, de 23 anos, Ricardo Ehle, está a treinar à experiência na Naval, esperando pela avaliação de Daniel Ramos. Também os ex-juniores Tiago Romeira e Carlos Castro assinaram pela primeira vez como profissionais e estão certos no plantel de que estagia em Nelas.


Fonte: O Jogo

Tiago Romeira e Castro promovidos a profissionais

JOVENS MERECEM CONFIANÇA DO TREINADOR


Os médios Tiago Romeira e Carlos Castro, provenientes da formação, assinaram contratos com o duração de dois anos com a Naval, passando a integrar como profissionais o clube da Liga Orangina.
Tiago Romeira, depois de ter feito parte da sua formação no Benfica (juniores B e C), chegando mesmo à seleção nacional sub-17, alinhou nas duas ultimas temporadas como júnior no clube da Figueira da Foz.
Por seu lado, Carlos Castro tem um trajeto idêntico, tendo-se iniciado no Anadia e transferido, depois, para o Benfica. Nas temporadas de 2009/2010 e 2010/2011 representou a Naval.
Os dois jogadores, ambos com 19 anos, têm vindo a integrar o estágio da equipa da Figueira da Foz, que está a decorrer em Nelas, obtendo agora o aval de Daniel Ramos para a sua contratação.
Considerados jogadores com boa margem de progressão, os dois jogadores podem vir a rodar no clube satélite, a União Desportiva da Tocha, embora fiquem a trabalhar com a equipa navalista.
No âmbito do programa de preparação da pré-temporada, a Naval defronta sábado o Sporting da Covilhã, pelas 17 horas, no Complexo Desportivo de Nelas.
Fonte: Record

Vitória sobre o Tourizense


A Naval 1º de Maio derrotou, esta tarde, o Tourizense por 4-1, no segundo jogo de preparação da equipa, que estagia em Nelas. Os golos foram marcados por Michel Simplicio, Previtali, Hugo Santos e Roberto. De relembrar que o próximo particular será este sábado, dia 16, pelas 17h, contra o Sporting da Covilhã no centro de estágio.


Delson reforça no dia do "adeus" a Fábio Júnior

BRASILEIRO EX-OLHANENSE ASSINA


No mesmo dia em que o avançado Fábio Júnior rumou ao Egipto, onde vai representar o Al-Ahly, equipa treinada pelo português Manuel José, o brasileiro Delson, ex-Olhanense, assinou contrato válido por uma temporada com a Naval.
O médio ofensivo, de 30 anos, chega na tarde desta quarta-feira ao estágio de Nelas, a tempo de assistir ao jogo particular com o Tourizense, tornando-se a 11.ª contratação do clube figueirense.
No caso Fábio Júnior, a oportunidade de fazer um importante encaixe financeiro foi mais forte que o aspeto desportivo, levando o avançado brasileiro a deixar a Figueira da Foz rumo ao Cairo.
O acordo, ainda dependente dos exames médicos marcados para amanhã, vai permitir um negócio que rondará os 700 mil euros.
O plantel navalista treinou na parte da manhã, tendo previsto para hoje, às 17 horas, o segundo jogo particular da pré-temporada, frente ao Tourizense.

Fonte: Record

Mais dois em testes na Naval

Duas caras novas juntaram-se ontem ao estágio navalista que decorre em Nelas. Os médios Luís e Bruno Loureiro (ex-Penalva), vão hoje a exame no particular a disputar no Estádio Municipal de Nelas, pelas 17 horas, frente ao Tourizense.

Fonte: O Jogo

Al Ahly volta à carga por Fábio Júnior (Naval)

Aprígio Santos já recusou uma oferta de 700 mil euros mas os egípcios insistem e fizeram nova proposta pelo avançado brasileiro

O Al Ahly de Manuel José está fortemente interessado no concurso do avançado da Naval Fábio Júnior. Segundo apurou o, os egípcios fizeram uma nova oferta pelo avançado brasileiro nos últimos dias, isto depois de Aprígio Santos lhes ter recusado uma proposta de 700 mil euros, em Janeiro, quando a equipa lutava a todo o transe pela manutenção na Liga.O dilema do presidente figueirense mantêm-se no actual contexto: realizar uma venda, prescindindo de um trunfo importantíssimo na luta pelo regresso à divisão principal, ou apostar tudo na vertente desportiva, abdicando do encaixe financeiro?Os valores envolvidos, desta feita, serão mais elevados mas a situação continua a ser confortável para os navalistas, pois o jogador tem mais dois anos de contrato.Os próximos dias serão determinantes para clarificar o futuro do avançado, que sempre teve muito mercado [o Sp. Braga também já o quis contratar], pese a temporada menos vistosa que ditou a descida da Naval à Liga de Honra.



A propósito de rumores sobre interesse do Leiria


"Fábio júnior "não sai"

"O Fábio Júnior não sai, muito menos para o Leiria". É esta a posição de Aprígio Santos, presidente da Naval, relativamente ao interesse do vizinho no avançado brasileiro. O jogador, apesar de ter mais um ano de contrato com a Naval, poderia chegar por empréstimo, mas mesmo assim Aprígio Santos revela-se irredutível.

Fonte: O Jogo


Reina o optimismo

A Naval inicia hoje o estágio de pré-época que, como é habitual, se vai realizar em Nelas, depois de dez dias de treinos na Figueira da Foz. Para já, o técnico Daniel Ramos pretende continuar a observar todos os futebolistas que se encontram à experiência, pelo que apenas os juniores Moita e Grou não viajam hoje com a equipa.
Assim, Saraò, Ibraima, Daniel, Castro e Romeira continuarão a prestar provas com o intuito de integrar o plantel que, promete o presidente Aprígio Santos, irá "lutar pelo regresso à Liga ZON Sagres".
O treinador alinha pelo mesmo diapasão e faz um balanço bastante optimista do que já passou e antevê coisas positivas para o que ainda está para vir.
"Foram feitos progressos, o que é fundamental. Sentimos que a entrada de jogadores nos tem dado mais poder por haver mais gente para ajudar. Mas essa entrada tem de ser feita com critério, o que é importante para que esta equipa tenha uma identidade e competência", disse Daniel Ramos, ainda à espera de quatro jogadores para fechar o plantel, sendo que "duas situações estão apenas pendentes".
Em relação a possíveis perdas que signifiquem um interessante encaixe financeiro para o clube, o treinador afirma, relutante, não estar "preparado para perder ninguém. Se isso acontecer, terá que se arranjar uma solução", mas a verdade é que Daniel Ramos está a construir o plantel contando com jogadores com algum mercado, como o avançados Fábio Júnior e especialmente Edivaldo.

Fonte: O Jogo

Naval vence Oliveirense por 1-0

A Naval 1º de Maio venceu, esta manhã, o Oliveirense por 1-0, em jogo de preparação. O golo foi marcado por Simplicio. O jogo serviu essencialmente para começar a delinear a estrutura base da equipa e também para ver como jogam os novos reforços. De salientar, também, a utilização de jogadores da equipa júnior, que, como se sabe, farão parte da pré-época dos seniores. Amanhã, a equipa parte para o habitual estágio em Nelas.

Leandrinho assinou por duas épocas

REFORÇO CONFIRMADO POR APRÍGIO SANTOS


O médio brasileiro Leandrinho assinou esta quarta-feira um vínculo contratual com a Naval por duas temporadas, afirmou à agência Lusa o presidente do clube, Aprígio Santos.
Leandro Wesley Alves, conhecido no futebol por Leandrinho, é natural de Goiânia, tem 27 anos e 1,74 metros, tendo como último clube o América FC, do estado de Tocantins, onde jogou ao lado de Júnior Pereira, também reforço da Naval para esta temporada.
Leandrinho constitui a 10.ª contratação da Naval para esta época, seguindo-se a Júnior Pereira (América FC), Carlos Fernandes (Olhanense), Leomar (Mogi Mirim), José Rui (Glória), Hugo Santos (União da Madeira), Williams (Brasov), Taborda (Timisoara), Guilherme (Catanduvense) e Roberto (Tirsense).
O treinador Daniel Ramos tem sob observação três jogadores: Giuseppe Saraó (guarda-redes), Ibraima Só (médio), que jogava no Canicense (Madeira) e Daniel Ricardo (médio), que na temporada passada defendeu as cores do Padroense.
A Naval iniciou o trabalho no passado dia 27, tendo agendado para o próximo sábado o primeiro teste competitivo, frente à Oliveirense, particular que se realiza no Municipal figueirense pelas 10 horas.
Fonte: Record

Ibraima So em testes

Ibraima So está desde ontem na Figueira da Foz, onde vai cumprir um período experimental sob a observação de Daniel Ramos (na foto). O médio luso-guineense, de 23 anos, jogava na III Divisão, ao serviço do Canicense, da Madeira. Entretanto, o plantel continua a treinar duas vezes por dia e o primeiro teste será no próximo sábado, frente à Oliveirense.


Fonte: O Jogo

Roberto contratado por quatro temporadas


ANTIGO AVANÇADO DO TIRSENSE
O avançado Roberto assinou esta segunda-feira um vínculo contratual com a Naval 1.º de Maio por quatro temporadas, disse à Lusa Aprígio Santos, presidente do clube da Liga Orangina.
Roberto é natural do Porto, tem 22 anos, 1,80 metros e representava o Tirsense, clube onde se notabilizou na temporada passada como um dos melhores marcadores da II Divisão, apontando 19 golos.
O jovem avançado iniciou a sua carreira no Bairro do Falcão, vindo a concluir a sua formação no FC Porto, onde se sagrou campeão nacional de juniores e integrou depois a extinta equipa B dos "Dragões".
Além do FC Porto, o jogador representou ainda o Operário (2007/08), Oliveira do Douro (2008/09) e Tirsense (2009/10 e 2010/11).
Roberto constitui a nona contratação da Naval para esta temporada, seguindo-se a Júnior Pereira (América FC), Carlos Fernandes (Olhanense), Leomar (Mogi Mirim), José Rui (Glória), Hugo Santos (União da Madeira), Williams (Brasov), Taborda (Timisoara) e Guilherme (Catanduvense).
A Naval 1.º de Maio iniciou o trabalho no passado dia 27, no próximo sábado defronta a Oliveirense em particular de preparação, realizando o estágio de pré-temporada em Nelas de 10 a 20 de julho.
Fonte: Record

Edivaldo sobre a Argentina: «Pensavam que iam atropelar-nos»

Avançado da Naval fala do confronto com Messi e do golo de calcanhar que deixou os alvicelestes numa pilha de nervos.


Uma estreia... de calcanhar. Edivaldo, que ainda há pouco tempo se exibiu nos relvados portugueses, esteve à beira de derrubar Messi e companhia no primeiro jogo pela Bolívia na Copa América. 

O avançado da Naval gelou o «Ciudad de La Plata» quando, já na segunda parte, abriu o marcador em pleno «território inimigo», ainda por cima, com arte. A mesma que foi necessária para Aguero - também algum engenho mas muita transpiração - para estabelecer o empate e minimizar os estragos.«Não há memória de um resultado destes contra os argentinos fora de La Paz [principal cidade da Bolívia]. Vir à casa deles e sair na frente... ficaram pasmos. Pensavam que iam golear-nos. Atropelar-nos. Mas em vez disso até tivemos várias oportunidades para matar logo o jogo», conta, em conversa com o Maisfutebol, cheio de orgulho, o brasileiro naturalizado boliviano.Jogador da Naval choca Argentina, Aguero salva a faceO golo, um dos mais bonitos da ainda curta carreira de Edivaldo (25 anos), nasceu de uma jogada plena de intenção: «É um lance que ensaiamos nos treinos. Eu saio da pequena área, ao primeiro poste, para desviar, levando toda a gente atrás. A bola veio baixa, a melhor opção foi tocar-lhe daquela forma e, felizmente, o guarda-redes atrapalhou-se e ela entrou.»O segredo, diz o jogador da Naval, passou pela concentração e por anular os pontos fortes de uma das mais poderosas selecções do planeta. «Eu, por exemplo, fiquei o tempo todo em cima do Mascherano. No final, ele até confessou como ficou surpreendido. Joguei como médio-ofensivo, com liberdade para atacar, mas com funções muito específicas a defender. Para o Messi foi igual, outros companheiros encarregaram-se dele», desvenda. Edivaldo, o brasileiro da Bolívia que surpreendeu MessiEdivaldo vive um turbilhão de emoções. Conseguiu a nacionalidade boliviana em cima da hora para participar na Copa América, beneficiou de uma licença especial para deixar a concentração e voltar ao Brasil para se casar, num processo atribulado, e agora atinge o limbo com uma entrada directa garantida para os melhores momentos da prova.«Histórico será qualificarmo-nos para o Mundial de 2014, no Brasil. Aqui, queremos fazer uma boa Copa, entrosar-nos, conhecer-nos melhor, porque este grupo foi alvo de uma grande transformação. Mas tem sido muito agradável para mim poder retribuir todo o apoio e carinho que me têm dado, ainda por cima com este golo. Dá mais confiança para trabalhar e pensar noutros objectivos», relata. Do futuro, fala com esperança. «Houve o convite do Bolívar, queriam-me para disputar a Libertadores, mas tenho contrato com a Naval [até 2012] e a minha prioridade é continuar na Europa, num clube de maior nomeada», conclui.