Fábio Junior reclama dívida, é mal-educado com Mozer mas recua


Fábio Júnior esclareceu o caso após vitória frente ao Penafiel

Fábio Júnior, avançado da Naval 1º de Maio, confirmou neste sábado ter protagonizado um caso no seio do clube. O plantel ainda não recebeu o mês de Dezembro de 2010, mas tem a garantia que a situação será regularizada até 5 de Fevereiro.

O avançado terá, ainda, valores à parte para receber. Por isso mesmo, a quente, foi mal-educado com o treinador da Naval quando recebeu a convocatória para o jogo com o Penafiel. Fábio Júnior pediu imediatamente desculpas a Mozer e seguiu viagem para Norte. Aliás, foi mesmo titular no Estádio 25 de Abril.

«São situações internas, de facto houve esse problema mas foi tudo resolvido a tempo e horas. O jogador esteve em campo e não perdeu o espírito colectivo. Queremos todos estar cada vez melhores mas salvar a Naval 1º de Maio da despromoção. Temos uma postura de união, de espírito de equipa, e isso faz com que os jogadores façam um esforço suplementar perante os problemas», explicou Mozer, no final da partida.
O técnico reconhece as dificuldades financeiras no clube. «Na vida, trabalhamos, temos os nossos ordenados. A vida não está fácil para todos, há sempre dificuldades enormes de ponto de vista financeiro. Mas temos de fazer esforços, só melhorando dentro do relvado podemos encontrar forma de melhorar a situação financeira. O Fábio Júnior pode ter questões pendentes, como tem, mas caiu em si rapidamente», acrescentou.

O jogador alinhou pelo mesmo diapasão, na conversa com os jornalistas: Houve um mal-entendido, estava de cabeça quente mas não foi nada de mais. Já pedi desculpas pelo que falei naquele momento. Vou com este grupo até sairmos desta situação. Expressei-me mal, pedi. Todos os clubes têm salários em atraso, infelizmente este não é excepção.»

Fui mal-educado com o treinador, no momento, aconteceu-me isso pela primeira vez na carreira e não quero problemas com o mister Mozer», acrescentou Fábio Júnior, sem fechar a porta a uma transferência nos próximos dias: «Ainda tenho possibilidade, até segunda-feira, de sair. Se for bom para mim, gostaria de sair, claro. Se não, fico na Naval com todo o gosto.» 

Fonte: Mais Futebol

2 comentários:

Anónimo disse...

Para o que eles jogam, bem podiam não receber.. podem mudar de treinadores.. mas o jogadores não jogam nada.. mesmo nada, vao fazer a Naval vir para 2 divisao..

Carina Monteiro disse...

Se fosse comigo, já estavas era com um processo disciplinar desde que voltaste, sem receber pelos meses que estiveste ausente e com desculpas esfarrapadas e já tinhas sido vendido logo que o mercado abriu. Se calhar os teus colegas também ainda não receberam e aceitaram as condições...A humildade também fica bem aos jogadores de futebol...
Para não dizer que Fábio Junior equivalente à época passada, viste-lo...
Tenho dito!!!A tua sorte é que há poucos sócios e os que há não estão para se chatear...