Naval-Sp. Braga, 0-0 (destaques)

Muitos a tentar, mas faltou pontaria

Salin

Bom jogo do francês, sempre atento e com reflexos preciosos. Na retina, fica uma grande defesa, com o pé, perante Lima, quando este seguia isolado. Mas o guardião teve ainda outras intervenções decisivas, relevando concentração e determinação.

 

Camora

Muito interventivo na partida, assumiu a vocação atacante e tirou vários cruzamentos que «pediam» melhor conclusão dos companheiros. Exemplo disso, foi um centro que encontro Fábio Júnior em boa posição na área mas o remate do brasileiro saiu enrolado, perdendo-se a oportunidade.

 

Fábio Júnior

Peca pelo excesso de individualismo e pela repetição, quase até à exaustão, das mesmas fintas mas desgasta uma defesa e não pede licença para rematar. Deixou Artur de luvas a arder num remate cruzado, depois de fugir pela esquerda, num dos vários exemplos de como tentou moer o juízo a Kaká e Rodríguez.

 

 Fonte: Mais Futebol 

0 comentários: