UD Oliveirense e Naval empatam

Foto por Carina Monteiro

UD Oliveirense e Naval empataram, esta tarde, em Oliveira de Azemeis, por duas bolas, num jogo muito disputado a meio campo, e note-se, com bastantes cartões exibidos pelo árbitro portuense, Artur Soares Dias.

A primeira parte foi inteiramente dominada pela Naval, que pressionou sempre muito bem a meio campo, fazendo com que a Oliveirense tivesse dificuldade em organizar jogo. Os números indicam isso mesmo: mais oportunidades de golo (3), mais cantos(3) e consequentemente, mais posse de bola.

A Naval colocou-se em vantagem, aos 38 minutos, na transformação de uma grande penalidade, a punir derrube de Paulinho ( que levou o segundo amarelo e consequente vermelho) sobre Tozé Marreco, na grande área. O avançado navalista não perdoou e colocou a sua equipa a ganhar.
Mesmo a fechar o pano, Regula vê também o segundo amarelo e é expulso, colocando as duas equipas em igualdade numérica de jogadores.

Na segunda parte, a Oliveirense entrou mais incisiva no jogo. João de Deus arriscou e colocou o avançado Carlinhos para o lugar do médio Capela, fazendo-se surtir o efeito logo nos minutos seguintes, com a Oliveirense a ter duas excelentes oportunidades para empatar o jogo. Empate esse, que viria logo a seguir, num lance precedido de canto e no qual, Banjai só teve de colocar a bola dentro da baliza. 

Com o empate alcançado, a Oliveirense tentou chegar mesmo à vitória, mas viria a ser a Naval a chegar novamente à vantagem, através de nova grande penalidade, assinalada pelo árbitro portuense, a penalizar falta de Rui Lima, (que foi consequentemente expulso) por derrube de Tozé Marreco. João Martins, acabado de entrar, converteu a 2ª grande penalidade para a Naval. 

Depois de se ver novamente em vantagem, os navalistas tentaram defender a todo o custo o resultado, contudo a Oliveirense viria a empatar por Hélder Silva, num grande golo, sem oposição da equipa visitante.

O empate foi claramente justo pelo que as duas equipas fizeram em ambas as partes: a Naval, na primeira e a Oliveirense, na segunda.

Carina Monteiro

0 comentários: