Roberto só pensa em vencer no Mar


Foto por Carina Monteiro

O avançado Roberto, 23 anos, encara "com muita vontade" a segunda volta do campeonato. Tudo se vai decidir nos próximos três meses e a fé na subida permanece, porque "está tudo em aberto".
O actual sexto lugar é fruto de "muita infelicidade e erros nossos", reconhece,mas para o avançado só há um caminho no horizonte que passa por "trabalhar para minimizar os erros ao máximo".
Amanhã, em Matosinhos, a Naval tem a oportunidade de rectificar o resultado desfavorável, triunfo do Leixões por 1-0, consentido no Bento Pessoa na estreia de Roberto como profissional. "Vingança não, mas vamos com o objectivo de vencer" garante o atleta que festejou o terceiro golo na última jornada nos Açores, no empate (2-2) com o Santa Clara. "Nunca marquei em duas jornadas seguidas mas quero aparecer, fazer bem o meu trabalho". No entanto o jogo vai ser "muito difícil" porque "o Leixões também quer subir e vai querer ganhar".
Noutro plano, a Naval tem cinco centrais no plantel, mas só lhe restam dois para o jogo de Matosinhos: Júnior Pereira, que está na lista de jogadores a emprestar, e Leomar.

Fonte: O Jogo

0 comentários: