Naval na 3ª eliminatória da Taça de Portugal

Foto por Carina Monteiro
Vitória incontestável dos navalistas

A Naval 1º de Maio venceu a equipa do Freamunde, também da Liga Orangina, por 3-1, com golos apontados por Roberto (2) e Michel Simplicio(1 g.p.). 
Na primeira parte a Naval entrou mais segura e a controlar o jogo, mas o Freamunde foi equilibrando a partida. No entanto, não se pode assinalar nenhum lance de real perigo para ambas as balizas. Com o apito final para o intervalo e com Simplicio a aquecer, prevendo a sua entrada em campo para o segundo tempo, em detrimento de João Pedro, a aposta de Daniel Ramos viria a dar frutos, dando mais mobilidade ao ataque figueirense. Roberto marca aos 59 e 82 minutos, com duas arrancadas que o colocaram frente a frente com o guarda-redes adversário, tendo apenas de se desviar para concretizar duas vezes. Aos 85 minutos, Luciano reduz para o Freamunde, fazendo tremer um pouco as hostes navalistas, mas o tiro certeiro chegou pelos pés de Michel Simplicio, na cobrança de uma grande penalidade, após derrube de Hugo Santos na grande área da equipa visitante, mesmo no último minuto de jogo, sentenciando assim a partida.

Destaques:

Simplicio 4/5

Entrou, fez o que quis do seu adversário e foi o principal impulsionador da vitória navalista.

Giuliano 4/5

Mais um excelente jogo do médio navalista, que jogo após jogo, vai crescendo de forma e performance.

Roberto (4/5)

Excelente jogador, com capacidades acima da média, finalmente matou a seca de golos que persistia na Figueira da Foz. Acaba por ser, em conjunto com Simplicio, um dos melhores em campo, pela forma como marcou os dois golos iniciais da Naval 1º de Maio.


Hugo Santos (3/5)

Sempre inconformado na frente, Hugo Santos correu quilómetros e quilómetros e interveio em vários lances de perigo. 

Crónica: Carina Monteiro

0 comentários: