Hugo Santos de volta com faixa de campeão


Foto por Carina Monteiro
Hugo Santos recebeu guia de marcha da Naval em 2007, quando não convenceu um dos seus técnicos preferidos, Ulisses Morais, e foi empestado ao Portimonense, tendo passado depois por Operário e União da Madeira, clube que ajudou a sagrar-se campeão da II Divisão. Passados quatro anos, o médio-ofensivo, de 28 anos, está de regresso à Figueira da Foz e, desta vez, as suas recentes exibições elevam as expectativas e prometem um final feliz. "Sinto-me muito bem, estou com uma confiança tremenda." É assim que se apresenta a O JOGO e, de seguida, faz "mea culpa". "Rectifiquei tudo o que os treinadores me pediram", confessa o atleta, que mostra disponibilidade total para jogar no último terço do relvado.
Hugo Santos é aquele atleta que deixa feliz todos os amantes de futebol. "Estou mais completo e capaz para ajudar a equipa a subir de divisão." A adaptação ao clube tem sido "fácil", mas as dificuldades espreitam na Liga Orangina, que "não é muito bem jogada, mas é bastante competitiva". Nos dois jogos realizados em casa para a Taça da Liga, a Naval contrariou a maldição da época passada e festejou duas vitórias. E Hugo Santos teve um papel fundamental, com dois golos e várias assistências. "Temos potencial para subir de divisão", concluiu o médio.

Fonte: O Jogo


Foto por Carina Monteiro




Fã de Figo e Rui Costa
O povo diz que, na vida, tudo tem uma razão para acontecer. Pois bem, o 70 que Hugo Santos usa nas costas da sua camisola também tem um fundamento, ligado aos seus ídolos. "Desde sempre que sou fã de Figo e Rui Costa; deste modo junta-se o sete com o dez e aí está a explicação", referiu o médio da Naval com evidente boa disposição.

Fonte: O Jogo

0 comentários: