Naval 2 Arouca 0

Mais fotos do jogo aqui.

A Naval 1.º de Maio venceu este domingo o Arouca, por 2-0, em jogo da 18.ª jornada da 2.ª Liga disputado na Figueira da Foz, e o 9.º consecutivo dos figueirenses sem perder.

Dois golos apontados por André Fontes e João Pedro, no decurso dos primeiros 45 minutos, foram a garantia de um triunfo que acima de tudo demonstrou a boa eficácia ofensiva e excelente organização defensiva da equipa. Este triunfo para a equipa da Figueira da Foz tem um sabor muito especial, já que acontece no seguimento de uma semana muito conturbada em que a equipa perdeu dois jogadores titulares por rescisão, Tozé Marreco e Roberto. Face ao triunfo, a Naval sobe ao 12.º lugar da tabela, com 24 pontos, os mesmos que o 9.º classificado, enquanto o Arouca mantém a 3.ª posição, com 31 pontos.

Os primeiros dez minutos foram aproveitados pelas duas equipas para se estudarem e adaptarem às (más) condições do terreno. Findo este período, os da casa asseguraram a iniciativa de jogo, desperdiçando pouco depois a primeira ocasião de golo da partida. Golo que veio a surgir ao minuto 15, na sequência de uma triangulação entre João Pedro, Carvalhas e André Fontes com este último a dar o toque final em direção às redes defendidas por Serginho.

O Arouca reagiu ao golo e, poucos minutos volvidos, Amessan ensaiou um chapéu a Guilherme, porém, a bola saiu ao lado. Entretanto, a Naval, que tinha inaugurado o marcador na segunda vez que se aproximou da baliza visitante, deu novamente mostras de grande eficácia, ampliando a vantagem ao minuto 36. André Carvalhas evitou dois adversários e assistiu João Pedro para o 2-0.

Após o intervalo, o treinador visitante, Vítor Oliveira, deixou no balneário dois médios, Bijou e Kovacevic, substituindo-os por Joeano e Laurindo, alterando o 4x3x3 inicial por um 4x4x2. A vencer por 2-0, a equipa da casa prescindiu do ataque, entregou a iniciativa de jogo ao adversário e preocupou-se exclusivamente em fechar todos os espaços em direção à sua baliza.

Mesmo assim, os lances de maior perigo, aos 50, 64 e 73 minutos, foram da responsabilidade da equipa da Figueira da Foz, que teve hipóteses de "matar" o jogo e ganhar a tranquilidade mais cedo

Jogo no Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz

Naval 1º de Maio-Arouca, 2-0

Ao intervalo: 2-0

Marcadores: 1-0, André Fontes, 15'; 2-0, João Pedro, 36'

Naval 1º de Maio: Guilherme, Carlitos, Diogo Silva, Tikito, Luís Tinoco, Vítor Alves, André Fontes, João Pedro, João Martins (Tiago Mesquita, 66'), Regula e André Carvalhas

Suplentes: Ricardo Neves, Vítor Nogueira, Tiago Mesquita, Raul, João Diogo e Leo Bonfim

Treinador: Álvaro Magalhães

Arouca: Serginho, Dani, Zarabi, Miguel Oliveira, João Vicente, Idris, Bijou (Joeano, 46'), Kovacevic (Laurindo, 46'), Hugo Monteiro, Clemente e Amessan (André Claro, 61'

Suplentes: Ricardo, André Claro, Hemiliano, Mika, Joeano, Laurindo e Stephane

Treinador: Vítor Oliveira

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para André Fontes (65'), Guilherme (87'), Regula (90+2')

Assistência: cerca de 150 espectadores

Fonte: Record

0 comentários: