Álvaro Magalhães: «Seria melhor se não houvesse jogo»


Quarta-feira há jogo na Figueira da Foz, para a 2ª jornada do Grupo B da Taça da Liga, e Álvaro Magalhães, treinador da Naval 1º de Maio, entrega naturalmente o papel de favorito à equipa orientada por José Peseiro.
«O favoritismo é dado ao SC Braga, vamos fazer o nosso jogo e tudo pode acontecer. Mas o nosso objetivo principal é estabilizar ainda mais a equipa em termos classificativos no campeonato», disse, esta segunda-feira, à Antena 1.
No entanto, o técnico dos navalistas preferia que não houvesse jogo, tendo em conta a limitação atual do seu plantel. «Seria melhor se não houvesse jogo porque tenho um plantel curto. Tenho poucas opções e estamos a chegar ao limite. Estes 13, 14 jogadores têm sido fantásticos, têm tido desgaste físico e psicológico grande mas estão motivados.»
SC Braga e Naval somam um ponto na Taça da Liga, fruto dos respetivos empates na 1ª ronda.
Fonte: Zerozero

Corrigido por O Navalista

2 comentários:

Anónimo disse...

http://www.maisfutebol.iol.pt/superliga-geral/tikito-steven-thicot-campeao-sub-17-naval-maisfutebol/1405993-1676.html

Anónimo disse...

ESte senhor tem 13 jogadores porque a mentalidade nao dá para mais. Porque não faz mais substituiçoes se as tem no banco. Porque leva os jogadores até á exaustão quando podia e devia confiar e apostar em mais jogadores que ate eram titulares antes da sua vinda. Rodar jogadores e ter uma equipa de titulares e suplentes todos á altura é o papel do treinador e defina a qualidade desse mesmo.