Futebol Juvenil em reformulação


A entrada de três novos directores irá fortalecer o Departamento de Futebol de Formação da Naval 1º de Maio. Reunião de apresentação contou com treinadores, seccionistas e fisioterapeutas.

As equipas de futebol de formação de onze da Naval – Iniciados, Juvenis e Juniores – estão desde esta sexta-feira mais reforçadas. Não estamos a falar de novos jogadores, mas sim de três novos directores que irão permitir uma melhor e mais eficiente distribuição de tarefas. São eles Paulo Moço, Paulo Bispo e Hilário Vieira que a partir de agora estão encarregues de “fazer a ponte” entre as diferentes equipas dos três escalões referidos e a direcção da Naval, em especial com o director-geral Armando Guindeira.

E foi precisamente Armando Guindeira, coadjuvado pelo secretário-técnico João Almeida, que dirigiu esta reunião, tendo esta contado com a presença de treinadores, seccionistas e fisioterapeutas que têm trabalho com afinco no futebol de formação.
A primeira missão de Paulo Moço, Paulo Bispo e Hilário Vieira prende-se com a distribuição dos jogadores da equipa de Iniciados do Nacional, que este domingo termina a sua época, para que estes não fiquem parados e possam já antecipar a próxima temporada.

A longo prazo, toda a nova estrutura do Futebol de Formação, que continuará a ter Pedro Simões como principal responsável, irá tentar trazer para os diferentes escalões de formação do nosso clube novos talentos da Figueira da Foz e concelhos limítrofes, numa estratégia mais alargada de aproximação da Naval 1º de Maio às pessoas da cidade.

Os responsáveis das equipas de Iniciados, Juvenis e Juniores
marcaram presença na reunião realizada na Sala de Imprensa do Estádio Municipal


0 comentários: