Simplício e a subida da Naval: «Consequência do nosso trabalho»


«Esquecido» por Zvunka, ignorado por Rogério Gonçalves, Michel Simplício conheceu uma nova vida com Carlos Mozer. O conterrâneo deu-lhe confiança e jogos, agora chega a vez de o avançado retribuir com golos, nas últimas duas jornadas.

«Tenho vivido um bom momento e o melhor de tudo é que os golos que tenho marcado têm permitido a conquista de pontos. Este é o meu melhor momento da época, mas se não puder marcar quero assistir os meus colegas, para atingirmos os nossos objectivos», considera o brasileiro.

A Naval já deixou a lanterna vermelha da classificação, perdeu apenas com o F.C. Porto desde a chegada de Mozer, que somou oito pontos em cinco jogos, e habituou a equipa a marcar em todos os jogos. «Estamos a crescer e os resultados que têm aparecido são consequência do nosso trabalho. Estamos cada vez mais confiantes de que vamos tirar a Naval desta situação», vaticina o avançado.

A última prova de que os figueirenses estão no bom caminho chegou no último domingo, com a vitória sobre a rival Académica, a quem apenas tinham vencido uma vez em casa. «Este era um jogo importante por ser um derby. O facto de já não ganharmos há muito tempo em casa, já tinha sido falado, e havia uma grande cobrança entre o grupo, para invertermos esta situação. Antes deste jogo, sentimos que tínhamos de nos unir ainda mais para darmos uma alegria aos nossos adeptos», remata.

Fonte: Mais Futebol

0 comentários: