«Na maior parte do jogo fomos muito superiores» - Carlos Mozer

Carlos Mozer, treinador da Naval, era um homem orgulhoso depois do jogo com o Sporting. Estava frustrado por não ter conseguido ganhar, depois de tanto esforço, mas fez um discurso positivo, de elogio aos jogadores.

«Estivemos a seis minutos de ganhar, mas infelizmente no final da partida as coisas não correram como desejávamos. Ainda assim, o resultado não é tão mau assim», disse o treinador.

O antigo internacional brasileiro considerou que a sua equipa esteve muito bem frente ao Sporting - «acho que na maior parte do jogo fomos muito superiores ao Sporting», disse – e acrescentou que o terceiro golo do Sporting foi conseguido «numa jogada de sorte».

Depois de dizer que pelo «trabalho e dedicação» da sua equipa «não seria injusto sair de Alvalade com os três pontos».

Carlos Mozer explicou que depois de um mau arranque no campeonato, a mudança na equipa se deveu a uma recuperação da confiança dos jogadores. «No futebol tudo é possível quando se acredita. No ano passado a equipa fez um belíssimo campeonato, conseguiu o oitavo lugar, e este ano tiveram dificuldade grande no campeonato. O mais importante é que a Naval recuperou auto-estima e estão a ajudar o treinador a levar a bom porto o que desejamos».

Antigo defesa-central, Mozer elogiou Liedson, o adversário que se despediu de Alvalade com dois golos. «Para azar nosso o Liedson estava em campo e marcou como sempre marcou em sete épocas. É um jogador excepcional, criativo, aproveita muito os espaços que lhe concedem e quando não concedem ele inventa qualquer coisa. Desejo-lhe ainda com a idade que tem, pelo que joga, pelo que se dedica, brilhe ainda muito».

Fonte: A Bola

0 comentários: