Rui Amaro: «Querem atirar-nos para o abismo»

DIRETOR DESPORTIVO CRITICA ARBITRAGEM



O diretor desportivo da SAD da Naval 1.º de Maio, Rui Amaro, insurgiu-se contra as arbitragens, dizendo que alguém quer atirar o clube da II Liga de futebol para o abismo.

"Querem atirar-nos para o abismo, se entendem que a Naval não pode nem deve competir nos campeonatos profissionais, expliquem-nos as razões para nós tentarmos entender", pediu o dirigente.

Depois de na jornada anterior os figueirenses terem criticado o árbitro Luís Ferreira, no domingo insurgem-se contra o trabalho em Tondela de Jorge Ferreira, que acusam de ter assinalado uma grande penalidade e um livre inexistentes, lances dos quais resultaram dois golos e uma expulsão.

"Estamos a ser vítimas de situações inexplicáveis. Confesso que estou surpreendido, pois não entendo a animosidade de que estamos a ser vítimas, de uma coisa tenho a certeza é tempo de dizer basta", garantiu.

Rui Amaro disse que a Naval vai "tomar medidas adequadas e defender o bom nome do clube", que diz é "merecedora de todo o respeito", porque "é um dos clubes mais antigos da esfera desportiva nacional".

"Depois não venham acusar-nos de radicais ou queiram vir colocar paninhos quentes, estamos fartos de ser gozados em campo", afirmou.

A Naval ocupa a 19.ª posição da II Liga, com cinco pontos.

Fonte: Record

0 comentários: