Belenenses 1 Naval 0


Um golo de João Meira permitiu este domingo ao Belenenses regressar aos triunfos na Segunda Liga, ao bater a Naval por 1-0, em jogo da quinta jornada.

O tento solitário do central surgiu aos 34 minutos, dando ao Belenenses a quarta vitória em cinco jogos, enquanto os figueirenses viram terminar uma série de três jogos sem derrotas.

Depois do "desastre" de segunda-feira, em que sofreu a maior derrota dos últimos 25 anos, e única na II Liga deste ano, o Belenenses tentava reerguer-se e mostrar que o desaire frente ao Benfica B (0-6) tinha sido apenas um acidente de percurso.

Desde cedo, os azuis demonstraram que queriam apagar essa imagem, com maior domínio do jogo e algumas ameaças à baliza da Naval, que vinha de três jogos sem perder, mas que pouco fez para continuar nessa senda.

A equipa do Restelo esteve perto de se adiantar no marcador, a meio do primeiro tempo, quando Fernando Ferreira chegou atrasado a um cruzamento de Luis Zambujo, um dos jogadores que mais trabalhou na manobra ofensiva da equipa do Restelo.

A formação da Figueira da Foz respondia, pouco depois, num remate de André Carvalhas - único que escapou da apatia navalista - mas o Belenenses acabaria por chegar à vantagem, por intermédio de João Meira, que aproveitou uma bola solta na área e desfeiteou Ricardo Neves.

Depois de uma primeira parte pouco feliz, Diawara manteve-se perdulário na etapa completar e, no espaço de 10 minutos, desperdiçou duas claras oportunidades para aumentar a contagem belenense, numa altura em que a qualidade de jogo começou a diminuir consideravelmente.

No entanto, os visitantes mantiveram-se pouco incisivos no ataque e, apesar da menor intensidade do Belenenses, nunca conseguiram incomodar verdadeiramente Matt Jones, à exceção de novo pontapé de André Carvalhas, que foi embater com estrondo na barra.

Jogo no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Belenenses - Naval, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, João Meira, 34 minutos.

Equipas:

- Belenenses: Matt Jones, Duarte Machado, João Meira, Kay, Nélson, Fernando Ferreira, Diakité, Fredy (Paulo Roberto, 90+1), Tiago Silva (Si Salem, 76), Luís Zambujo (Arsénio, 62) e Diawara.

(Suplentes: Filipe Mendes, Arsénio, Ruizinho, Si Salem, Filipe Ferreira, Eridson e Paulo Roberto).

Treinador: Mitchell van der Gaag.

- Naval: Ricardo Neves, Vítor Alves (Mesquita, 46), Diogo Vila, Tikito, Luís Tinoco, Filipe Melo (Diogo Silva, 52), Leandrinho (Roberto, 64), Carlitos, André Fontes, André Carvalhas e Tozé Marreco.

(Suplentes: Guilherme, Mesquita, Roberto, Diogo Silva, Regula e Bruno di Paula).

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Duarte Machado (06), João Meira (20), Luís Zambujo (31), Filipe Melo (45+1), Diogo Silva (56), Carlitos (63), Diawara (85) e Tozé Marreco (87).

Assistência: cerca de 1.000 espectadores.

Fonte: Record

0 comentários: