Naval afasta Atlético

Paulo Regula

VITÓRIA POR 2-0 NA 2.ª ELIMINATÓRIA

Um "bis" de Regula permitiu este sábado à Naval terminar com uma série de três jogos sem vencer e apurar-se para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, ao bater o Atlético por 2-0.

O duelo de equipas da 2.ª Liga foi decidido pelo antigo médio do V. Setúbal, com golos aos 27 e 30 minutos, colocando a equipa da Figueira da Foz na fase seguinte da prova "rainha" do futebol português, ao mesmo tempo que prolongou a série negativa do Atlético (quatro derrotas consecutivas), que voltou a "cair" na segunda eliminatória.

O Atlético até entrou melhor na partida, com Marco Bicho a ter oportunidade de abrir o marcador, num cabeceamento travado pelo guarda-redes Guilherme, mas os figueirenses rapidamente equilibraram a contenda e começaram a aproximar-se da área alcantarense. Apesar de não criar qualquer lance de perigo, a Naval viria praticamente a "matar" o jogo no espaço de três minutos, por intermédio de Regula: primeiro num remate de fora da área, em que Ricardo Janota é mal batido, e depois numa iniciativa individual, a abrir caminho rumo à área, antes de rematar cruzado.

O conjunto da Figueira da Foz respondeu de forma assertiva à entrada do Atlético, que apenas nos últimos minutos de um primeiro tempo tecnicamente mal jogado criou novo lance de perigo, mas Lito foi pouco incisivo na hora de atirar à baliza. Na etapa complementar, as duas equipas não conseguiram aumentar a qualidade do jogo, que continuou a ser disputado com muito coração, mas pouca cabeça, cabendo a Quinaz a tentativa de reduzir a diferença, em dois remates que saíram próximos do poste.

De resto, voltaram a ser escassas as oportunidades de golo, tanto para um lado como para o outro, e apenas Luís Tinoco esteve próximo de aumentar a contagem figueirense, num livre defendido por Ricardo Janota, naquele que foi o "canto do cisne" da partida.

Fonte: Record

Ficha do Jogo aqui.

0 comentários: