Assembleia Geral interrompida para evitar vazio diretivo


A Assembleia Geral da Naval foi suspensa “sine die” devido à falta de apresentação de listas para os Corpos Sociais, evitando-se desta forma a existência de um vazio diretivo.

Os associados presentes aprovaram a prorrogação do mandato dos Corpos Sociais por tempo indeterminado.

A AG elegeu ainda uma lista de cinco associados cuja função será a de encontrar no prazo de trinta dias uma Comissão para, caso não apareça qualquer lista, dirigir os destinos do clube.

Entretanto, foi aprovado, por maioria, o Relatório de Atividades e Contas de 2011, que apresentou um saldo negativo de 333.107,35 euros, aumentando o passivo do clube para 4.810.202,59 euros.

Fonte: A Bola

0 comentários: